Saiba tudo sobre Caldas Novas

O que fazer em Caldas Novas


Como maior estância hidrotermal do mundo, é de se imaginar o que há para fazer em Caldas Novas: curtir a água! O barato da cidade e sua vizinha Rio Quente é aproveitar esse fenômeno natural que faz com que a água dos rios locais seja morna e ofereça propriedades medicinais, segundo dizem. Com água morninha, é fácil passar o dia mergulhado na piscina, mesmo nas noites frescas de inverno.
A cidade tem vários hotéis e praticamente todos têm uma área reservada às piscinas ou dá direito a entrada em algum parque aquático. Dessa forma, os hóspedes podem passar o dia com suas famílias curtindo atividades na piscina, brincando em tobogãs ou divertindo-se com um grupo de entretenimento dos parques.

O mais famoso empreendimento hoteleiro da região é o Rio Quente Resorts, que fica na cidade de Rio Quente, a 30 km de Caldas Novas. Dentro do Rio Quente Resorts, está o Parque das Fontes, que foi uma das primeiras atrações locais — são piscinas naturais e rústicas onde ficam fontes de água quente —, e o Hot Park, que é um parque aquático enorme e cheio de atrações, entre elas uma piscina com ondas conhecida como Praia do Cerrado, piscina com correnteza, tirolesa, aviário, toboáguas etc. As atrações do Rio Quente Resorts são gratuitas para seus hóspedes, mas não hóspedes também podem conhecer o Hot Park e o Parque das Fontes, basta comprar um ingresso para eles.
Já na cidade de Caldas Novas, as opções de parques aquáticos são maiores. Um dos grandes parques aquáticos é o da rede Di Roma, o Di Roma Acqua Park, que tem piscinas para todos os gostos e algumas atrações mais radicais. Para quem procura um parque mais tranquilo e com menos gente, uma boa alternativa pode ser o Náutico Praia Clube. O Lagoa Termas Parque, onde fica a Lagoa Quente de Piratiginga, é mais antigo e pequeno, mas também pode ser uma alternativa para curtir as piscinas.

Para além dos parques aquáticos, Caldas Novas tem o Casarão dos Gonzaga, considerada a primeira casa da cidade e que hoje virou um espaço para vendas de artesãos. Também no centro, fica a praça Mestre Orlando, que tem a igreja Matriz e movimento dos bares e restaurantes ao redor durante a noite.
O shopping Serra Verde, que na verdade tem poucas lojas, costuma ser parada de excursões e dos turistas que querem fazer algumas compras de presentes e doces, e o Jardim Japonês pode ser uma boa opção para fazer um passeio diferente na cidade. O Monumento das Águas vale uma parada rápida para fotos, assim como as caçharias da cidade, que oferecem degustação da bebida.
Um passeio bastante diferente e que pode revelar um lado pouco explorado de Caldas Novas é visitar o Parque Estadual da Serra de Caldas, com vegetação e cachoeiras durante o período de chuvas.
Por Camille Panzera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *